.links

.posts recentes

. Educação sexual

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. (des)informação

. 1º ciclo

. aulas de substituição

. autarquias

. avaliação

. avaliação dos professores

. boatos

. carreira docente

. conselho das escolas

. conselho pedagógico

. dizer bem

. educação para a saúde

. educação sexual

. eduquês

. encarregado de educação

. ensino básico

. ensino secundário

. escola

. escolaridade obrigatória

. exames

. faltas dos professores

. gestão escolar

. horários

. indisciplina

. informática

. josé sócrates

. josé socrates

. manuais escolares

. ministério da educação

. ministra da educação

. política

. políticos

. professores

. programas

. prolongamento do horário

. provas de aferição

. rede escolar

. reuniões intercalares

. sindicatos

. sócrates

. tlebs

. violência nas escolas

. todas as tags

.número de visitas (desde 25/03/06)

Free Website Counter
Free Website Counter
Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2007

Educação sexual

Este talvez seja o momento propício para que a Escola avance com a formação dos alunos em educação sexual e reprodutiva.

Não se pode desligar o resultado do referendo do dia 11 desta temática. O seu resultado talvez permita quebrar alguns tabus que ainda resistem e que têm impedido o seu funcionamento como disciplina ou área temática de uma disciplina.

O melhor caminho para evitar a gravidez indesejada é um pleno conhecimento do funcionamento do corpo e dos métodos de contracepção.Em simultâneo há que informar sobre doenças sexualmente transmissíveis e outras doenças associadas à actividade sexual.

Não posso esquecer que muitos dos que apelaram ao Não no referendo são os mesmos que se têm mostrado contra a instituição da Educação Sexual nas escolas, pretendendo que ela seja Moral Sexual.

Espero que haja coragem para avançar com as medidas que urgem. Trata-se de um caso de saúde pública.

publicado por Paulo às 16:05
link do post | favorito
|

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30