.links

.posts recentes

. A derrota

. Março de 2007. Lembram-se...

. O Estado a que chegámos

. O próximo passo

. Não será um caso de imped...

. O futuro está aí.

. Será que já batemos no fu...

. Uma acção de formação

. Três notas soltas

. Terminar a tarefa

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. (des)informação

. 1º ciclo

. aulas de substituição

. autarquias

. avaliação

. avaliação dos professores

. boatos

. carreira docente

. conselho das escolas

. conselho pedagógico

. dizer bem

. educação para a saúde

. educação sexual

. eduquês

. encarregado de educação

. ensino básico

. ensino secundário

. escola

. escolaridade obrigatória

. exames

. faltas dos professores

. gestão escolar

. horários

. indisciplina

. informática

. josé sócrates

. josé socrates

. manuais escolares

. ministério da educação

. ministra da educação

. política

. políticos

. professores

. programas

. prolongamento do horário

. provas de aferição

. rede escolar

. reuniões intercalares

. sindicatos

. sócrates

. tlebs

. violência nas escolas

. todas as tags

.número de visitas (desde 25/03/06)

Free Website Counter
Free Website Counter
Sexta-feira, 5 de Outubro de 2007

O discurso do Presidente da República

O Presidente da Republica levou a Educação para o seu discurso do dia 5 de Outubro. Não faltam loas às palavras que proferiu. Todos gostaram: governo, oposição e sindicatos. Isto faz-me pensar que ou o discurso é irrelevante, pelo que todos podem gostar e estar de acordo, ou alguém não percebeu.

Convém também não esquecer que o actual Presidente da República foi o primeiro-ministro do maior falhanço da educação pós 25 de Abril. Refiro-me à reforma promovida por Roberto Carneiro. Onde estava o então primeiro-ministro Cavaco Silva?

Muita gente, onde eu me incluo, ainda não sabe se o conteúdo da reforma era mau e por isso falhou, ou se o primeiro-ministro não apoiou o financiamento necessário para que ela pudesse ser feita.

Fica a dúvida para a História.

Ouvi as declarações do primeiro-ministro José Sócrates proclamando a distinção entre professores e sindicatos, na perspectiva de que os professores apoiariam o governo e a sua política de educação e os sindicatos não.

Eu sei que não é assim, mas o primeiro-ministro sabe que os factos conhecidos pela população em geral parecem apontar nesse sentido.

Se as palavras do primeiro-ministro já não me surpreendem, espanta-me que passadas várias horas ainda não exista uma palavra dos sindicalistas do partido socialista.

A frase do primeiro-ministro clarifica a importância que ele dá aos sindicatos e o respeito que tem pelos professores.

tags:
publicado por Paulo às 22:59
link do post | favorito
|
3 comentários:
De afronauta a 8 de Outubro de 2007 às 15:28
O quadro Preto? Aplaudo o titulo! Nem tudo o que é antigo é dispensável ou obsoleto. Numa era em que a tecnologia é adoptada muitas vezes apenas por ser novidade e não pelos seus méritos reconhecidos, mesmo quando secundariza a importância das relações humanas, muitos preferirão quadros interactivos, mas cada vez mais se precisa da lousa e do giz na perspectiva da maior proximidade entre as pessoas. Com tanto interface tecnológico perde-se o contacto entre as pessoas, tão importante na aprendizagem dos mais novos.
De Pedro a 8 de Outubro de 2007 às 17:27
Boa tarde,

O Quadro Preto está em destaque na homepage dos Blogs (http://blogs.sapo.pt) e do SAPO (http://www.sapo.pt).

Parabéns e boa continuação.

Pedro Neves
De Regina a 13 de Outubro de 2007 às 19:55
Estavamos admirando seu site, o seu trabalho é encantador parabéns. Gostaria de pedir uma ajuda, se vc gostaria de aderir a campanha contra violencias aos nossos animais, que amamos tanto, os cãozinhos de rua, onde ulimamente só vemos pessoas que se dizem humanas maltratando as. Ajude nos, colocando o selo da campanha em um lugar fixo do seu site, ou um link, assim os seus amigos viram que vc é mais um pessoas que nao adminte maustratos aos animais. Regina

Comentar post

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30