.links

.posts recentes

. A derrota

. Março de 2007. Lembram-se...

. O Estado a que chegámos

. O próximo passo

. Não será um caso de imped...

. O futuro está aí.

. Será que já batemos no fu...

. Uma acção de formação

. Três notas soltas

. Terminar a tarefa

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. (des)informação

. 1º ciclo

. aulas de substituição

. autarquias

. avaliação

. avaliação dos professores

. boatos

. carreira docente

. conselho das escolas

. conselho pedagógico

. dizer bem

. educação para a saúde

. educação sexual

. eduquês

. encarregado de educação

. ensino básico

. ensino secundário

. escola

. escolaridade obrigatória

. exames

. faltas dos professores

. gestão escolar

. horários

. indisciplina

. informática

. josé sócrates

. josé socrates

. manuais escolares

. ministério da educação

. ministra da educação

. política

. políticos

. professores

. programas

. prolongamento do horário

. provas de aferição

. rede escolar

. reuniões intercalares

. sindicatos

. sócrates

. tlebs

. violência nas escolas

. todas as tags

.número de visitas (desde 25/03/06)

Free Website Counter
Free Website Counter
Terça-feira, 18 de Setembro de 2007

Edifícios escolares

Segundo um estudo da DECO os alunos passam frio nas salas de aula e a qualidade do ar é má. O problema é antigo e os resultados não surpreendem quem trabalha nestes locais.

É normal os alunos estarem sentados com os casacos vestidos. E se é assim numa secundária com aquecimento, eu imagino o que não se poderá passar em algumas escolas do 1º ciclo que não o possuem.

O desperdício nas escolas com aquecimento é também muito elevado. Muitas vezes a temperatura fica demasiado elevada, obrigando a abrir janelas.

A qualidade do ar também está relacionada com esta questão. A necessidade de manter as janelas abertas durante os intervalos, aumenta os custos em combustível de forma assustadora. A arquitectura das nossas escolas leva a que a renovação do ar dentro das salas tenha que ser feita pelas janelas. Não importa que seja Verão ou Inverno.

Há demasiado desperdício nas escolas devido a erros arquitectónicos e de má qualidade dos materiais.

É absurdo que na maior parte dos dias seja necessário fechar os estores. Seja porque o Sol incomoda os alunos, ou então porque a reflexão da luz no quadro não permite ler o que lá se encontra escrito. Depois é necessário acender as lâmpadas para que se possa trabalhar num ambiente luminoso confortável.

Já alguém fez contas? Em quantas salas de aula de Portugal isto se passa? Durante quantas horas?

Outras vezes são obras mal planeadas.

Uma escola resolveu colocar telas para permitir a utilização de retroprojectores em todas as salas. Medida de aplaudir. Mas… as salas tinham todas uma tomada do lado esquerdo do quadro. As telas foram colocadas sobre o quadro, mas sempre do lado direito. A distância a que ficaram da tomada obriga sempre ao uso de um cabo de extensão eléctrica quando se utiliza o retroprojector. Mais um exemplo de despesa desnecessária.

 

tags:
publicado por Paulo às 23:04
link do post | favorito
|
2 comentários:
De Lena a 8 de Outubro de 2007 às 13:08
O seu blog devia ser lido por muita gente, e também comentado. Escreve sobre um tema muito importante, a educação. Vou divulgar.
O destaque é muito bem merecido.
Continuação de bom trabalho!
M.H.
De Estrela a 12 de Outubro de 2007 às 23:30
Ando no 2º ciclo de uma escola pública. E pergunto: A DECO andou a inspeccionar e constatou que os alunos passam frio nas escolas. Gostava de saber se passou na minha o calor acumula nas salas (muitas delas com vidros expostos ao sol o dia inteiro) e depois é ver os alunos mangas arregaçadas e a abanarem-se com os livros de exercicios porque os manuais são enormes! Isto é de malucos. Eu para além do calor insuportável eu cheguei a estar a escrever e a abanar o livro de exercicios (que fazia a vez do leque), ou pelo contrário, casaco vestido e a tremelicar de frio.
Imagine só este pnorama:
Uma sala exposta ao sol horas a fio as janelas não abrem completamente (no máximo uns 5 cm) são daquelas que abrem por baixo, a sala tem umas 3 e estão completamente abertas, mas de qualquer forma os alunos (de mangas arregaçadas) continuam a abanar-se incessantemente com o livro de actividades e escrevem ao mesmo tempo! Isto em dias quentes. Já em dias frios cheguei ao extremo de estar a escrever cheia de frio casaco vestido, sem luz (tinhamos ficado sem luz naquele momento) ou melhor a utilizar a do telemovél com autorização do stor!
Isto cabe na cabeça de alguém?

Comentar post

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30