.links

.posts recentes

. A derrota

. Março de 2007. Lembram-se...

. O Estado a que chegámos

. O próximo passo

. Não será um caso de imped...

. O futuro está aí.

. Será que já batemos no fu...

. Uma acção de formação

. Três notas soltas

. Terminar a tarefa

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. (des)informação

. 1º ciclo

. aulas de substituição

. autarquias

. avaliação

. avaliação dos professores

. boatos

. carreira docente

. conselho das escolas

. conselho pedagógico

. dizer bem

. educação para a saúde

. educação sexual

. eduquês

. encarregado de educação

. ensino básico

. ensino secundário

. escola

. escolaridade obrigatória

. exames

. faltas dos professores

. gestão escolar

. horários

. indisciplina

. informática

. josé sócrates

. josé socrates

. manuais escolares

. ministério da educação

. ministra da educação

. política

. políticos

. professores

. programas

. prolongamento do horário

. provas de aferição

. rede escolar

. reuniões intercalares

. sindicatos

. sócrates

. tlebs

. violência nas escolas

. todas as tags

.número de visitas (desde 25/03/06)

Free Website Counter
Free Website Counter
Terça-feira, 19 de Junho de 2007

Todos os exames são iguais, mas...uns são mais iguais que outros

Desde que foram introduzidas nos exames as designadas ”questões de escolha múltipla”, passou a haver duas versões para a mesma prova.

Nas disciplinas de Física e Química, Biologia e Matemática é isso que sucede.

É incompreensível que no exame de Português, onde há 60 pontos para classificar este tipo de questões, um valor idêntico ao que ocorre nas disciplinas atrás referidas, exista apenas uma versão da prova.

Em Português os alunos não têm “tentação de olhar para o exame do lado”?

Em Português é irrelevante que os alunos possam “olhar para o exame do lado”?

Apenas consigo encontrar estas duas questões como tentativa de explicar a situação. Uma terceira que passa pela possibilidade de não haver qualquer coordenação na elaboração dos exames, ou uma quarta, que passa pela incoerência por parte de quem decide, nem sequer são admissíveis.
tags: ,
publicado por Paulo às 15:00
link do post | favorito
|
1 comentário:
De Idalina Jorge a 19 de Junho de 2007 às 18:24
Paulo,

Semana do dizer bem
Este foi mais um ano difícil para os professores. Não vale a pena sequer descrever toda a natureza das nossas frustrações, preocupações, desânimos, revoltas.
Contudo, muitos de nós, na blogosfera manifestam a resiliência, o optimismo, o bom humor essenciais a uma profissão que lida com a juventude.
Sem perdermos o nosso olhar crítico sobre o que se vai passando, e os primeiros exames aí estão para anunciar novos temas de debate, proponho a semana de
25 a 31 de Julho
para a semana do dizer bem: de um aluno, de um colega, de uma iniciativa...
Sempre há-de ter havido razões que nos fizeram sentir que, apesar de tudo, vale a pena.

Pode passar a palavra, Paulo?

Comentar post

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30