.links

.posts recentes

. A derrota

. Março de 2007. Lembram-se...

. O Estado a que chegámos

. O próximo passo

. Não será um caso de imped...

. O futuro está aí.

. Será que já batemos no fu...

. Uma acção de formação

. Três notas soltas

. Terminar a tarefa

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. (des)informação

. 1º ciclo

. aulas de substituição

. autarquias

. avaliação

. avaliação dos professores

. boatos

. carreira docente

. conselho das escolas

. conselho pedagógico

. dizer bem

. educação para a saúde

. educação sexual

. eduquês

. encarregado de educação

. ensino básico

. ensino secundário

. escola

. escolaridade obrigatória

. exames

. faltas dos professores

. gestão escolar

. horários

. indisciplina

. informática

. josé sócrates

. josé socrates

. manuais escolares

. ministério da educação

. ministra da educação

. política

. políticos

. professores

. programas

. prolongamento do horário

. provas de aferição

. rede escolar

. reuniões intercalares

. sindicatos

. sócrates

. tlebs

. violência nas escolas

. todas as tags

.número de visitas (desde 25/03/06)

Free Website Counter
Free Website Counter
Sexta-feira, 24 de Março de 2006

Reuniões para entrega de avaliações

Recebi hoje o convite da Directora de Turma da minha filha para ir à entrega das avaliações do 2º período.

O tempo marcado para atendimento é de 90 minutos, (das nove horas às dez e meia), o que na turma em questão, que tem 26 alunos, dá cerca de 3 minutos por aluno.

Obviamente, que se todos os Encarregados de Educação comparecerem, e deve-se sempre contar com isso, não é possível existir qualquer diálogo.

Para que serve então esta ida à escola?

Apenas para fingir uma suposta “participação” dos Encarregados de Educação no processo.

Com o tempo previsto para o atendimento, é óbvio que não existe qualquer vontade de ter uma conversa mais produtiva, mas apenas dizer bom dia, desejar boas-férias e nada mais.

Se a ideia é entregar as avaliações numa reunião comum, então seria melhor enviar pelos correios, as horas de trabalho que os Encarregados de Educação não perderiam seriam um contributo para o aumento do PIB.

É interessante notar que o “convite” afirma:

 “É importante a sua presença para que, através da troca de informações, possamos contribuir para o sucesso do aluno”

Essa troca de informações é puramente irreal. Não é possível.

Eu até admito, que a Directora de Turma, se for necessário, permaneça toda a manhã a atender os Encarregados de Educação, mas nesse caso haverá quem provavelmente passe algumas horas à espera para ter apenas um breve encontro, situação que já ocorreu comigo, quando a minha filha ainda frequentava o 1º ciclo.

Se há a pretensão trocar informações, há que disponibilizar tempo, e para isso é necessário começar a marcar horas diferentes para receber os Encarregados de Educação. Não se pode mandar as pessoas todas à mesma hora, obrigando-as a ficar imenso tempo numa espera que por vezes gera situações conflituosas

Já é tempo de as escolas trabalharem estas situações com mais eficiência e profissionalismo, e tratarem com mais respeito os utentes, neste caso, Encarregados de Educação.

A minha opinião não pretende evidenciar uma atitude de oposição à Directora de Turma, que como óbvio apenas se limita a cumprir as regras da escola. Estou é contra os órgãos dirigentes desta escola e de outras que não estão a cumprir eficazmente a função para a qual foram eleitos: gerir a escola.

publicado por Paulo às 22:30
link do post | favorito
|

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30