.links

.posts recentes

. A derrota

. Março de 2007. Lembram-se...

. O Estado a que chegámos

. O próximo passo

. Não será um caso de imped...

. O futuro está aí.

. Será que já batemos no fu...

. Uma acção de formação

. Três notas soltas

. Terminar a tarefa

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. (des)informação

. 1º ciclo

. aulas de substituição

. autarquias

. avaliação

. avaliação dos professores

. boatos

. carreira docente

. conselho das escolas

. conselho pedagógico

. dizer bem

. educação para a saúde

. educação sexual

. eduquês

. encarregado de educação

. ensino básico

. ensino secundário

. escola

. escolaridade obrigatória

. exames

. faltas dos professores

. gestão escolar

. horários

. indisciplina

. informática

. josé sócrates

. josé socrates

. manuais escolares

. ministério da educação

. ministra da educação

. política

. políticos

. professores

. programas

. prolongamento do horário

. provas de aferição

. rede escolar

. reuniões intercalares

. sindicatos

. sócrates

. tlebs

. violência nas escolas

. todas as tags

.número de visitas (desde 25/03/06)

Free Website Counter
Free Website Counter
Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2006

A grande ilusão

"Roubei" a Renoir o título do seu grande filme, para abordar um tema que surge sempre em cada final de período.

Neste momento milhares de encarregados de educação estão a receber convocatórias para irem às escolas receber as avaliações dos seus educandos. Infelizmente é apenas isso: receber.

Os que estão iludidos que poderão recolher outro tipo de informação mais pormenorizada desenganem-se. Estão a ser convocados para irem receber um papel.

O período de uma hora marcado para os atender é exactamente para isso que remete.

Há duas hipóteses:

 a) o Director de turma recebe todos em conjunto, dá algumas informações banais, não podendo nem devendo individualizar, e depois entrega o impresso com as classificações.

b) O director de turma recebe individualmente e atribui 2 minutos a cada encarregado de educação, pois uma hora não permite melhor divisão para receber mais de 20 pessoas.

 Se estivermos perante um Director de Turma com vontade de informar realmente, e transformar uma hora de recepção em duas ou três, o que em muitos casos sucede, está-se perante um desrespeito perante muito encarregados de educação, trabalhadores, que passarão imenso tempo esperando que chegue a sua vez.

Estas reuniões de uma hora são na verdade um dos maiores desperdícios de produtividade para o país. Imensos trabalhadores abandonarão os seus postos de trabalho, para, na maior parte dos casos, não ficarem a saber mais, do que saberiam se a comunicação lhes chegasse sob outra forma que não fosse a presencial.

A maior parte destas reuniões não passam de um requintado acto hipócrita em que se finge cumprir a lei: talvez a sua letra mas não o seu espírito.

publicado por Paulo às 16:20
link do post | favorito
|
1 comentário:
De bell a 15 de Dezembro de 2006 às 20:32
Olá,
Na minha escola temos hora e meia para receber os pais. Vou recebê-los individualmente. Pedi aos alunos para informarem os pais que seriam atendidos por ordem de chegada. Espero que não apareçam todos ao mesmo tempo. De qualquer forma, vou ter cerca de cinco minutos para cada um. É o tempo de receberem as avaliações e assinarem os Planos de Recuperação!

Comentar post

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30