.links

.posts recentes

. A derrota

. Março de 2007. Lembram-se...

. O Estado a que chegámos

. O próximo passo

. Não será um caso de imped...

. O futuro está aí.

. Será que já batemos no fu...

. Uma acção de formação

. Três notas soltas

. Terminar a tarefa

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. (des)informação

. 1º ciclo

. aulas de substituição

. autarquias

. avaliação

. avaliação dos professores

. boatos

. carreira docente

. conselho das escolas

. conselho pedagógico

. dizer bem

. educação para a saúde

. educação sexual

. eduquês

. encarregado de educação

. ensino básico

. ensino secundário

. escola

. escolaridade obrigatória

. exames

. faltas dos professores

. gestão escolar

. horários

. indisciplina

. informática

. josé sócrates

. josé socrates

. manuais escolares

. ministério da educação

. ministra da educação

. política

. políticos

. professores

. programas

. prolongamento do horário

. provas de aferição

. rede escolar

. reuniões intercalares

. sindicatos

. sócrates

. tlebs

. violência nas escolas

. todas as tags

.número de visitas (desde 25/03/06)

Free Website Counter
Free Website Counter
Domingo, 26 de Fevereiro de 2006

Prolongamento dos horários no 1º ciclo

Algo terá de mudar nas metodologias dos professores do 1º ciclo.
Com o chamado "prolongamento de horário", que tem por objectivo proporcionar aos alunos um conjunto de actividades não curriculares, não se pode pretender que as crianças ainda tenham trabalhos de casa ,(TPC), para fazer, pois normalmente, os TPC seriam feitos nas horas que passam a ser dedicadas às actividades não curriculares.
Não havendo esse tempo disponível para a consolidação dos conhecimentos, que é uma das funções importantes dos TPC, nem para a aquisição de hábitos de estudo,outra das suas funções, tudo terá que mudar na sala de aula.
Estão os professores, as metodologias e os conteúdos adaptados a esta nova situação? Eu não tenho dúvidas na repostas. Não estão!
A aprendizagem de conteúdos terminará quando os alunos sairem da sala. Infelizmente ninguém aborda este assunto. Os governantes e "pedagogos" falam do insucesso, das múltiplas actividades na escola, mas esta mudança não é referida. Talvez porque essa abordagem mostrasse aspectos que se pretendem ocultar.
Posso estar enganado, mas a "próxima revolução do 1º ciclo" vai considerar que os alunos se dispersam em demasiadas actividades, faltando o tempo para o estudo e consolidação de conhecimentos.
publicado por Paulo às 14:52
link do post | favorito
|

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30