.links

.posts recentes

. A derrota

. Março de 2007. Lembram-se...

. O Estado a que chegámos

. O próximo passo

. Não será um caso de imped...

. O futuro está aí.

. Será que já batemos no fu...

. Uma acção de formação

. Três notas soltas

. Terminar a tarefa

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.tags

. (des)informação

. 1º ciclo

. aulas de substituição

. autarquias

. avaliação

. avaliação dos professores

. boatos

. carreira docente

. conselho das escolas

. conselho pedagógico

. dizer bem

. educação para a saúde

. educação sexual

. eduquês

. encarregado de educação

. ensino básico

. ensino secundário

. escola

. escolaridade obrigatória

. exames

. faltas dos professores

. gestão escolar

. horários

. indisciplina

. informática

. josé sócrates

. josé socrates

. manuais escolares

. ministério da educação

. ministra da educação

. política

. políticos

. professores

. programas

. prolongamento do horário

. provas de aferição

. rede escolar

. reuniões intercalares

. sindicatos

. sócrates

. tlebs

. violência nas escolas

. todas as tags

.número de visitas (desde 25/03/06)

Free Website Counter
Free Website Counter
Domingo, 9 de Julho de 2006

Depois do mundial

Que valores são estes, em que apenas se observa o resultado final, exacerbando o seu relativismo e desprezando o seu mérito absoluto? Que valores são estes, que desprezam o caminho, o método de atingir o resultado, a qualidade do trabalho desenvolvido, exultando apenas com o valor final?

Em que país e em que situação, perante a meta não atingida, os actores que têm por dever a obtenção do resultado são sempre desculpados, não lhe sendo nunca atribuído falta de qualidade ou de empenho, sendo imputada a origem do desaire a quem trabalha sem poder controlar as capacidades daqueles que não atingem o resultado?

Não! Não estou a aludir à selecção da Federação Portuguesa de Futebol nem aos árbitros. Estou a referir-me à senhora Ministra da Educação e à sua política educativa.

publicado por Paulo às 12:46
link do post | favorito
|
1 comentário:
De ctnunes a 19 de Outubro de 2006 às 00:10
As televisões deram hoje mais importância ao Rivoli do que à greve dos profs. Tudo isto acontece porque deixou de haver investigação séria do que está em causa e se aceitou, numa unanimidade bem construída, que os profs. eram um grupo privilegiado.
Alguém estaria disposto a ser penalizado por estar doente, com um cancro, ou enfarte do miocárdio?
Se se quer premiar o mérito porque se criam quotas? Então eu posso ser excelente mas já não tenho prémio devido à falta de vaga!
Deixemo-nos de hipocrisia. Roubar não é só meter a mão no bolso!!!!

Comentar post

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30